Você sabe fazer networking?

 Se você respondeu sim, está de parabéns. Mas saiba que não são muitos os brasileiros que tem a resposta afirmativa. Segundo uma pesquisa realizada pelo IDCE – Instituto de Desenvolvimento de Conteúdo para Executivos – o bom relacionamento não é o forte dos brasileiros. 

 O estudo revela que a maioria das pessoas acredita que networking se define como uma boa rede de contatos, ou seja, conhecer várias pessoas e ser conhecido por elas. Mas, não é só isso. Uma boa e verdadeira rede de contatos só é válida quando as pessoas sabem o que você faz bem profissionalmente, e, o mais importante, influenciam em seu crescimento profissional.

 Listei alguns erros e acertos sobre o networking. Fique atento e reconheça os itens que você se identifica e comece a muda-los já. 

 ACERTOS: 

  • Está sempre circulando, seja em cursos, palestras, congressos. É importante frequentar ambientes que te levam ao crescimento profissional. É ali que você conhecerá outros profissionais que estão no mesmo caminho que você. 
  • Criar uma via de mão dupla. Assim como você precisa de contatos é também preciso ser o contato de alguém. Seja solicito e esteja sempre presente quando necessário. Ajudar alguém quando for solicitado é primordial. Lembre-se que o mercado é pequeno. Além disso, se encontrar com as pessoal relevantes na sua lista é importante, seja presencialmente ou via internet. 
  • Seja reconhecido na empresa. Como? Seja comunicativo e prestativo. Ajude o colega mesmo que ele for de outra área. Ser lembrado pelas boas  atitudes é uma virtude.
  • Comunique suas mudanças profissionais, principalmente através das suas redes de contato digital. É dessa maneira que dará a chance dos outros perceberem seu crescimento, produtividade e que encara nos desafios. 
  • Seja estruturado. Trilhe um caminho para sua carreira e empresa e trace sempre os caminhos que te levarão ao seu objetivo final. Tenho certeza que o networking abre muita portas. 

 ERROS: 

Ser conhecido não é ter networking – ele só vale quando as pessoas sabem no que você é bom profissionalmente; 

  • Usá-lo apenas quando precisa. O mercado muda muito rápido e é sempre bom manter-se por ali, sendo visto e lembrado, sempre deixando em evidência o que anda fazendo naquele momento da carreira;  
  • Ter contato apenas com profissionais da sua área. Conhecer pessoas de diversos segmentos e com mais experiência que você, ampliará o seu alcance e quanto mais relevância ter esse profissional mais provável que ele te indique ou contrate; 
  • Depender apenas de networking. Para ter um bom relacionamento é precisa sempre manter-se atualizado – o conhecimento técnico é importantíssimo. O mercado vai afunilando à medida em que crescemos profissionalmente e ter uma rede conectada é primordial. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *