Passo a passo para empreender

Conseguir uma recolocação no mercado de trabalho pode ser uma tarefa difícil, e com a crise que estamos enfrentando, principalmente por conta da pandemia, muitos resolveram empreender, ou seja, ter o próprio negócio.

Segundo um levantamento realizado pelo IBGE, o desemprego já atinge 13 milhões de brasileiros. Dessas pessoas, cerca de 4,7 milhões não sentem mais esperança de conseguir um trabalho. Nesse cenário, o empreendedorismo pode ser uma alternativa para se virar o jogo.

Por onde começar?

É fundamental lembrar que antes de abrir um negócio é preciso traça-lo, desde o valor de investimento, até mesmo público alvo, produto ou serviço que serão oferecidos. Se não tiver planejamento, empreender se torna a mesma coisa que rasgar dinheiro.

Vão algumas dicas. Se pergunte:

Qual o valor do seu investimento? (Lembrando que um negócio novo não gera lucro já nos primeiros meses, e as vezes, nem em anos)

Qual a solução que você entregará para o seu público alvo?

O seu público alvo pagaria por essa solução, por esse produto?

Onde está o seu público alvo?

Em quanto tempo quero ter esse investimento de volta?

Cuidado com os erros!

Os principais erros cometidos é não saber dividir as finanças pessoais das profissionais. No caso dos desempregados, esse problema se agrava pela sua necessidade de pagar as contas.

Vale lembrar que a média de tempo que um empreendimento demora para gerar lucro é de dois anos. Durante esse período, todo tipo de retirada expressiva de dinheiro da empresa pode desestabilizar a operação.

O ideal? Tenha um capital de giro suficiente para se manter durante os primeiros meses.

Qual negócio escolher?

O primeiro passo para descobrir qual deve ser sua área de atuação é analisar suas habilidades. Não adianta você investir em um setor que não entende ou não goste só para ganhar dinheiro. Caso a pessoa seja boa em artesanato, por exemplo, começar um negócio desse tipo pode ser a melhor opção.

Estude!

Para que o negócio seja bem-sucedido, habilidades ligadas à área de atuação precisam ser constantemente atualizadas. Noções em gestão também são necessárias. Você desemprenhará várias funções. É preciso saber administrar, vender, planejar. O dono é quem comanda a orquestra. Se você não entende nada, não terá sucesso no seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *